ÁREA DO ASSOCIADO Recuperar senha | Cadastre-se

Notícias




12/01/2015
TIMES EM DESTAQUE DEZEMBRO/2014

LABORATÓRIO DE TOXINOLOGIA DA FACULDADE DE CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS

DE RIBEIRÃO PRETO – USP

 

O Laboratório de Toxinologia da FCFRP-USP está vinculado ao Departamento de Análises Clínicas, Toxicológicas e Bromatológicas da Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto da USP.

Liderado pela Profa. Dra. Suely Vilela, o laboratório atualmente sedia dois grandes projetos por ela coordenados: o Núcleo de Toxinas Animais da USP (NAP-TOXAN-USP) e o Projeto temático da FAPESP intitulado “Toxinas animais nativas e recombinantes: análise funcional, estrutural e molecular”, os quais envolvem vários subprojetos dentro da área de Toxinologia.

O laboratório possui excelente infraestrutura física e de equipamentos, grande capacidade de captação de recursos financeiros das agências de fomento do país e de formação de recursos humanos nos diferentes níveis: iniciação científica, mestrado, doutorado e pós-doutorado. Possui ainda, ótima infraestrutura de recursos humanos contando atualmente com 2 técnicos, 2 especialistas de laboratório e uma secretária para apoiar as atividades de pesquisa no laboratório, bem como: 1 aluno de iniciação científica, 3 alunos de mestrado, 2 alunos de doutorado e 3 pós-doutorandos.

A área física do laboratório é de cerca de 370 m2, a qual está atualmente sendo reestruturada visando à adequação da sala de cultura de células, da sala de biologia molecular, sala de refrigeração, sala de arquivo, sala da secretária, sala de pós-graduandos, sala de funcionários, sala de docente, uma câmara fria e dois amplos laboratórios. Possui ainda, uma sala externa à área do laboratório para liofilizadores (3). É um dos laboratórios mais bem equipados da FCFRP-USP, contando atualmente com equipamentos tais como 2 HPLC (Schimadzu), 1 AKTA pure (GE),  1 AKTA FPLC (GE), 1 AKTA purifier (GE),  2 espectrofotômetros, 2 Leitores de microplacas, 1 fotodocumentador,  1 termociclador, 3 sistemas de purificação de água, 2 centrifugas comuns e 2 refrigeradas , 2 sistemas para eletroforese vertical, 1 sistema para eletroforese horizontal, 4 coletores de frações, 1 Sistema de Eletroforese Bidimensional, 1 citocentrífuga, 1 Sistema Mini V-8.10 BlotSystem (Biorad),  1 agregômetro (plaquetas), 1 aparelho para focalização isoelétrica, 7 Geladeiras, 4 freezers, 2 freezers -80°C e demais equipamentos de pequeno porte, básicos para um laboratório de pesquisa.

A sala de cultura de células está totalmente equipada, contendo 2 capelas de fluxo laminar, 1 estufa de CO2, 1 geladeira, 1 microscópio, 1 estufa, 1 banho-maria, além de materiais próprios para manipulação de linhagens celulares.

O Núcleo de Apoio à Pesquisa em Toxinas Animais (NAP-TOXAN-USP), vinculado à Pró-Reitoria de Pesquisa e instalado na Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto-USP, é um dos 75 núcleos de pesquisa da Universidade de São Paulo e destina-se ao desenvolvimento de programas estratégicos na área de Toxinologia, objetivando o avanço da pesquisa na fronteira do conhecimento e a formação de recursos humanos altamente qualificados, com visão crítica e abrangente do estado da arte da pesquisa na área, capazes de nuclear novos grupos de pesquisa em diferentes regiões do país, bem como a difusão deste conhecimento para a sociedade, buscando agregar valor ao conhecimento produzido. Os programas propostos são: 1. Programa de Pesquisa em Toxinas Animais - visa ao detalhamento do mecanismo de ação de toxinas animais, bem como suas aplicações como ferramentas biológicas para o estudo de diferentes sistemas, ou como modelos para o desenvolvimento de novos fármacos; 2. Programa de Integração Científica - tem por objetivo reunir pesquisadores de instituições nacionais e internacionais visando ao acompanhamento dos progressos obtidos nos projetos de pesquisa em desenvolvimento e também o aperfeiçoamento destes projetos. Objetiva ainda, o intercâmbio de conhecimento entre os pesquisadores envolvidos, buscando agregar principalmente pesquisadores internacionais ao grupo, de forma a buscar inovações científicas para a resolução dos problemas propostos;

3. Programa de Formação de Recursos Humanos –visa à formação de mestres, doutores e pós-doutores em Toxicologia e áreas afins, o desenvolvimento de novas habilidades e o aprimoramento de conhecimentos específicos na área. São oferecidas disciplinas de pós-graduação e cursos de difusão/extensão de curta duração em temas de interesse de estudantes e profissionais da área.

O projeto temático desenvolvido no referido laboratório é multidisciplinar e reúne competências em diferentes linhas de pesquisa, agregando profissionais de distintas áreas da FCFRP-USP, de outras unidades da USP (FMRP e FFCLRP) e de outras Instituições de Ensino e Pesquisa (UNESP - Botucatu). Os estudos propostos nas diferentes áreas convergem para objetivos comuns, visando a avanços no conhecimento da composição das peçonhas de serpentes, o detalhamento do mecanismo de ação de toxinas, peptídeos e inibidores plasmáticos, bem como suas aplicações como ferramentas para o estudo de diferentes sistemas biológicos, ou como modelos para o desenvolvimento de novos fármacos.

Objetivamente pretende-se:

1. A investigação funcional, estrutural e molecular de toxinas de peçonhas de serpentes com ação sobre o sistema hemostático, apoptose e processos inflamatórios; atividade antitumoral, imunomodulatória ou neuroprotetora. Serão também avaliadas a instabilidade genômica e as alterações epigenéticas induzidas por estas toxinas. 

2. O estudo de peptídeos de peçonhas de serpentes com potencial aplicação biotecnológica (atividades antiparasitária, neuroprotetora em modelos celulares in vitro para as Doenças de Parkinson e Alzheimer, e potenciadores de bradicinina), de forma a subsidiar o futuro desenvolvimento de fármacos de origem peptídica. Os peptídeos com potencial biotecnológico serão caracterizados estruturalmente, sintetizados e submetidos a testes para avaliação do potencial genotóxico e mutagênico.

3. Estudo de inibidores plasmáticos de serpentes. Purificação e caracterização bioquímica e funcional de inibidores de proteases, provenientes de plasma de serpentes do gênero Bothrops, bem como a caracterização bioquímica e funcional de um inibidor recombinante de miotoxinas, do tipo-α, da mesma serpente.

Estes projetos demonstram as inúmeras possibilidades de desenvolvimento de subprojetos multidisciplinares com bolsas da FAPESP (temático), da CAPES e do CNPq, e das atividades desenvolvidas no Laboratório de Toxinologia da FCFRP-USP.

Destacamos que temos interesse em receber alunos para realizar pós-graduação junto ao programa de pós-graduação em Toxicologia da FCFRP-USP com bolsa FAPESP (inclusive doutorado direto). O programa de Toxicologia possui bolsas da CAPES e do CNPq. Ainda temos interesse em receber pós-doutorandos interessados em desenvolver projetos relacionados às pesquisas descritas anteriormente. Os interessados deverão enviar e-mail para suvilela@usp.br



Outras Notícias



05/04/2016

01/01/2016

01/01/2016

02/10/2015

13/08/2015

24/06/2015

09/03/2015

02/02/2015

22/10/2014

17/10/2014

17/10/2014

20/09/2010

15/09/2010

13/09/2010

03/09/2010

30/08/2010

16/08/2010

11/06/2010

24/05/2010

20/05/2010

19/04/2010

07/04/2010

13/10/2009

21/07/2009

22/06/2009

22/06/2009

28/05/2009

14/03/2009

06/03/2009

19/01/2009

13/01/2009

13/01/2009

30/10/2008

17/10/2008

23/09/2008

09/09/2008

24/08/2008

24/08/2008

00/00/0000

Patrocínio

EVENTOS

27 a 30 de Agosto
XIV Congresso de Toxinologia